quarta-feira, 6 de maio de 2009

Ventos

Os ventos sopram forte,
Forte ao Norte,
Sopram forte!
Não...para o meu Norte ,não!
Sopram ,sopram confundem férteis
Campos,as débeis folhas,
Os últimos haustos a lhe beijar.
Os ventos ...instigam?
Os ventos...perguntam?
Os idos ventos mastigaram a resposta!
Ofuscou.
Aflorou ao simples toque a ânsia de vida!!
Os ventos!
Tardes...
Passei tardes deitado na relva,
Rolando,cheirando a grama,
Beijando flores,sonhando universos...Na relva!
Os índios elevam seus Deuses na selva.
Incendeiam sonhos...alto!
Sua fogueira na floresta...alta!
Na selva...
Alabama!!!!!!!!

Um comentário:

Palavras em vão disse...

A ânsia de viver é a resposta, o tempo dirá..que os sonhos sejam fortes e busquem cada vez mais o alto de todos ventos (oportunidades) a soprar...
bjos.. Amato