domingo, 17 de maio de 2009

Mentiras e truques

Sem mentiras,sem truques
Hoje estou de cara lavada!
Sem máscaras.
As nuvens que enfeitavam meus sonhos
Dissiparam se com o Sol.
Desisto de farsas,de vaidade,
Desisto da vida maquiada!
As idas noites bacantes
Camuflavam o cheiro,
O tom da verdade!
Eis a verdade!!!
Sem mentiras e truques...
Caiu a máscara!
As serpentes cancerosas
Que engendravam o ódio em minhas veias
Não mais darão o ópio de minha vida.
Neste domingo de Sol
Me escondo nas sombras
E tenho a falência!
A morte suprema,fenece com minha potência!
Quanto há de truques e mentiras nisto?!

3 comentários:

Olívia disse...

Há dias em que a alma é vítrea.

Gostei da "honestidade" deste texto.

Parabéns!

Lídia Borges disse...

Desistir de farsas e vaidades, mas sem deixar que "as nuvens dissipem o sol".
Deixar de sonhar, não!

Gostei muito do que li.

Parabéns!

Palavras em vão disse...

Oi..Amato, estou te acompanhando sempre..que bom que retornou, e percebo neste texto uma nova face..ou mesmo uma face limpa..limpa para ser feliz..nada como a verdade..que sempre digo em meus textos..sem mentiras essa é a mais nítida verdade..as sombras existem..mais a nossa força para caminhar e ir em frente é muito maior..por que vem de dentro..do nosso coração..
bjo